busca

Depressão e o sono: existe relação?

12/06/2018

Depressão e o Sono: a relação entre a saúde mental e uma boa noite de descanso!

A relação entre o nosso sono com as nossas emoções é tão próxima que podemos nos arriscar dizer que uma depende da outra para funcionarem de maneira adequada.

Quando a pessoa tem dificuldades em ter noites de sono de qualidade, provavelmente, sentirá o efeito no seu humor e nas suas emoções.

O que fazer para ter uma boa noite de sono?

Mas, se a pessoa está passando por um momento de vida mais desafiador e sente certa instabilidade emocional, provavelmente, sentirá o impacto no seu sono.

Essa associação de simples não tem nada, mas se você se identifica com o assunto continue lendo esse texto.

Espero que eu possa te ajudar a entender um pouco mais sobre o assunto para tentar melhorar o seu sono trazendo maior leveza e bem estar para o seu dia-a-dia.

Dormir é mesmo importante?

Sim!

10 Fatores importantes sobre o sono na sua vida!

Dormir não é só importante como também necessário para:

  1. Manutenção da vigília;
  2. Conservação de energia e promoção de processos anabólicos;
  3. Mecanismos de termorregulação;
  4. “Desintoxicação” do cérebro;
  5. Manutenção do sistema imunológico;
  6. Desenvolvimento e maturação do cérebro;
  7. Plasticidade do cérebro;
  8. Formação e consolidação de memória;
  9. Regulação de diversos processos metabólicos;
  10. Substrato dos sonhos;

Talvez você não entenda exatamente a que se refere exatamente esse monte de nome difícil mas, é para tudo isso que o sono é necessário.

Resumidamente, o sono faz a manutenção para que o seu corpo e mente funcionem adequadamente. Nathália Becker

Eu gostaria que você soubesse que caso alguém opte não dormir durante muitos dias, essa decisão poderá levar essa pessoa a morte.

Porque, dormir é tão essencial como comer e beber.

Passamos cerca de 1/3 de nossas vidas dormindo.

Isso significa que se você tem hoje 30 anos de idade, deve ter passado pelo menos 10 anos da sua vida dormindo!

Mas, antes que pense: “Credo! Que perda de tempo!” eu gostaria que olhasse para o outro lado da moeda, dormir é necessário para a sua saúde geral. 

Depressão: você tem dormido bem?

Depressão

Mas porque a depressão tem a ver com isso tudo?

Eu gostaria de dizer que a resposta é simples mas, sinceramente, não é.

Vou tentar falar sobre essa associação de maneira com que você entenda mas, se você não entender nada do que eu disser aqui, você me conta nos comentários.

Pode ser?

A depressão é uma doença mental que pode ser denominada tecnicamente como Transtorno da Depressão Maior caracterizada pelo DSM-.V

E a depressão envolve alterações nítidas em nosso organismo com importantes consequências sobre a forma de ser, pensar e agir da pessoa.

Depressão: Conheça 15 sintomas

  1. Culpa;
  2. Desesperança;
  3. Inutilidade;
  4. Pensamentos ruins;
  5. Sensibilidade para dor;
  6. Mal-estar persistente;
  7. Problemas digestivos;
  8. Fadiga;
  9. Irritabilidade;
  10. Inquietude;
  11. Agitação;
  12. Perda de interesse pelo que antes o agradava;
  13. Sentimento de desespero;
  14. Dificuldade em se concentrar;
  15. Alterações do sono (tanto excesso quanto falta de sono);

Atentando para as alterações no sono, é possível verificar que mais da metade das pessoas que sofrem depressão apresentam um defeito na qualidade e quantidade do sono (insônia).

Isto significa que apresentam dificuldade em adormecer, em se manter dormindo, despertando muito cedo e, assim, tendem a ter sono não reparador.

 

Teste gratuito para saber se você pode ter Depressão. Faça agora!


 

Aviso

O resultado dessa avaliação não indica um diagnóstico completo, portando somente o resultado desse teste não é o suficiente para diagnosticar um quadro de depressão.

Para determinar qualquer diagnóstico potencial discuta seu resultado com um psicólogo.

 

Não é muito difícil sabermos o que acontece quando uma pessoa não tem um sono de qualidade, não é mesmo?

Começamos a experimentar mais cansaço e mais irritabilidade como consequência imediata.

Além disso, o sistema imune fica mais frágil pois ele tem seu funcionamento ativado durante a noite e quando não se dorme adequadamente aumentam as chances de você adoecer.  

Ou seja, se a situação já está difícil pode ser intensificada caso a pessoa experimente dificuldades para dormir.

A boa notícia é que se você conseguir executar melhorias no seu sono você poderá experimentar maior alívio e controle emocional.

O contrário também funciona, se você está experimentando equilíbrio emocional

5 Dicas testadas e comprovadas para ter uma boa noite de sono!

Mas vamos ao que todos querem saber.

O que podemos fazer para ter uma boa noite de sono?

Há muito que pode ser feito para evitar o uso de medicações para dormir e que podem ajuda-lo a ter uma noite de sono adequado.

Vou lhe deixar aqui 5 dicas para melhorar suas noites:

  1. Priorize o seu sono – dê valor ao seu sono, caso contrário você sempre vai acabar deixando para dormir mais tarde ou, de qualquer jeito. Priorizar o sono é o primeiro passo para assumir uma mudança que você poderá experimentar bem-estar em muitas áreas da sua vida.
  2. Quarto para dormir– mantenha o ambiente do seu quarto agradável, convidativo e confortável. Assim, você terá vontade de deitar em sua cama para descansar. Reserve a cama apenas para dormir e sexo, outras atividades poderão atrapalhar a principal atividade que se deve fazer quando se deita “dormir”.
  3. Preparação– tenha uma sequência de atividades preparatórias para antes de se deitar, com a repetição dessa sequência nos dias o seu cérebro irá associar a chegada do momento de adormecer. Ex: Fazer sua higiene, separar as roupas do dia seguinte, ajustar o despertador, apagar as luzes e se deitar.
  4. Luz e Tecnologia– reduzir a luz dos ambientes da casa e não utilizar aparelhos eletrônicos, ao menos, 30 minutos antes do horário de se deitar ajuda na produção natural de melatonina. Ou seja, auxilia que o seu organismo compreenda ser hora de descansar.
  5. Duração– manter noites de sono com uma duração superior a 6 horas todasas noites. Não vale dizer que aos finais de semana você compensa as horas sem dormir durante a semana pois isso não funciona.

Espero que essas breves dicas te ajudem a melhorar o seu sono e sentir-se mais leve. Em todo caso, se você tem dificuldade persistente em dormir é preciso buscar especialistas para poder ser avaliado e indicado o melhor tratamento a seu caso.

Você gostou do texto ou ficou com alguma dúvida?

Conte para nós!

 

 

Psicóloga, CRP 08/26241

Psicóloga com foco na promoção de saúde e bem estar das pessoas através de práticas inovadoras capazes de impactar de maneira positiva a gestão de emoções e comportamentos.

Graduada em Psicologia / Universidade Metodista de São Paulo
Mestrado em Psicologia da Saúde / Universidade Metodista de São Paulo
Doutorado em Psicologia / Universidade do Algarve (Portugal)

Perfil Psicologia Viva: https://www.psicologiaviva.com.br/nathaliabecker



Baixe o nosso APP